Translate

terça-feira, 31 de outubro de 2017

O caminho do guerreiro

Seguir o caminho do guerreiro é dar ênfase à lealdade, fidelidade, auto sacrifício, justiça, modos refinados, humildade, espírito marcial, honra e, acima de tudo, viver e morrer com dignidade.
clip_image001
Acompanhe as atividades do blog que tem o intuito de divulgar informações relacionadas a trilhas (Hiking, Trekking), bombeiro, primeiros socorros, sobrevivencialismo, utilidades publicas, atividades verticais, rapel e afins.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Glossário em Ambiente Pré Hospitalar


Este glossário tem por objetivo esclarecer o significado de termos técnicos comumente utilizados no serviço de resgate e emergências médicas:

Amputação: secção total, retirada de uma estrutura do corpo, como mão, dedo, pé e outros, permanecendo no local uma deformidade que em alguns casos, pode ser compensada por prótese.
Anafilática: reação aguda do organismo a uma substância estranha. Reação alérgica intensa após a injeção, ingestão, inalação ou contato com uma substância.
Anamnese: histórico dos aspectos subjetivos da doença, desde os sintomas iniciais até o momento do atendimento.
Aneurisma: dilatação das paredes de artéria ou veia, de forma variável e que contém sangue.
Anterior: que está adiante, na frente.
Anisocoria: desigualdade entre a dilatação das pupilas de uma vítima.
Apêndice xifóide: ponta ou apêndice alongado e cartilaginoso localizado ao final do osso esterno.
Assepsia: conjunto das medidas adotadas para evitar à chegada de germes a local que não os contenha.
Assimetria: desigual, ausência de simetria.
Auscultar: aplicar o ouvido a (tórax, membro, abdome) para conhecer os ruídos que se produzem dentro do organismo.
Avulsão: extração traumática de parte de um órgão ou membro por arrancamento.
Biossegurança: conjunto de medidas para evitar contaminação e transmissão agentes infectantes como vírus, bactérias etc.
Bradicardia: lentidão dos batimentos cardíacos; abaixo de 60 por minuto.
Cânula: instrumento médico usado para abrir caminho ou manter aberta uma cavidade corpórea.
Cânula orofaríngea: instrumento tubular que adentra a boca da vítima e mantêm as vias aéras superiores permeáveis.
Calcinação: carbonização ou aquecimento que decompõe.
Cateter: instrumento tubular médico que é introduzido no corpo com o objetivo de retirar líquidos ou introduzir oxigênio, soros etc.
Cefálica: que se refere à cabeça.
Cianose: coloração azulada da pele e membranas mucosas.
Clônico: espasmo ou contração com alternância, rigidez e relaxamento.
Choque anafilático: reação alérgica violenta a medicamentos, alimentos e produtos em geral.
Choque cardiogênico: é a deficiência de bombeamento cardíaco e o distúrbio primordial provocada por choques traumáticos.
Choque neurogênico: dilatação dos vasos sanguíneos em função de uma lesão medular geralmente provocada por traumatismo que afeta a coluna vertebral.
Choque séptico: condição na qual a pressão arterial cai a níveis potencialmente letais como conseqüência de sepsis causadas por peritonites pré – operatórias, pneumonias, pleuris, infecções de partes moles etc.
Coma: estado de inconsciência duradouro com perda total ou parcial da sensibilidade e da mobilidade e com preservação da respiração e circulação.
Comissura: linha de junção do lábio superior com o lábio inferior.
Contusão: lesão produzida pela pressão ou pela batida de um corpo rombo (sem ponta) com ou sem dilaceração da pele.
Crepitação Óssea: ruído produzido pelo atrito de dois fragmentos de um osso.
Decapitação: corte ou degolação que provoca solução de continuidade entre a cabeça e o resto do corpo.
Decúbito: posição deitada, podendo ser ventral, lateral ou dorsal.
Deglutição: passagem do alimento da boca para o esôfago, engolir.
Desfibrilação: reversão do quadro de fibrilação ventricular através de choque no miocárdio para retorno dos batimentos cardíacos.
Diastólica: referente a diástole que é o relaxamento do coração ou das artérias no momento da chegada do sangue.
Disfagia: dificuldade na deglutição.
Dispnéia: respiração difícil.
Distal: ponto em que uma estrutura ou um órgão fica afastado de seu centro ou de sua origem. Ou afastado em relação a linha mediana que divide o corpo em metade direita e metade esquerda.
Distensão: lesão de fibras musculares por movimento brusco, abaulamento.
Diurese: eliminação de urina.
Dorsal: relativo ou pertencente ao dorso, costas.
Descontaminação de Artigos: Para este trabalho, será considerada a definição de PERKINS, que define como descontaminação "processo ou método onde um objeto ou material, como instrumento cirúrgico, torna-se livre de agentes contaminantes, resultando em segurança ao manuseio, dispensando a necessidade de medidas de proteção individual".
Edema: inchaço. Acúmulo anormal de líquido em espaço intersticial extracelular ou intracelular.
Embolia: obstrução brusca de um vaso sangüíneo ou linfático por um corpo estranho trazido pela circulação (coágulo, gordura, ar,...)
Enfisema: presença de ar no tecido.
Equimose: mancha de natureza hemorrágica na pele, mucosa ou membrana.
Esfíncter: músculo anular que fecha um orifício natural.
Exógena: originado ou produzido no exterior do organismo, que pode causar efeitos interiores, além dos externos.
Fletido: dobrado.
Fibrilação ventricular: ritmo cardíaco caótico e desorganizado que provoca parada cardíaca.
Hematêmese: vômito sanguinolento;
Hematoma: aglomeração ou tumor formado por sangue extravasado. Há um inchaço de coloração arroxeada.
Hematose: troca gasosa do sangue que ocorre na pequena circulação do coração com os pulmões, tornando o sangue como sendo arterial.
Hematúria: presença de sangue na urina;
Hemodinâmico: relativo às condições mecânicas da circulação do sangue.
Hemolítica: ação de venenos destrutivos para o sangue, liberando hemoglobina. Ex: veneno da serpente cascavel;
Hemotórax: derrame de sangue na cavidade da pleura pulmonar.
Hipertensão: aumento da pressão arterial.
Hipertermia: elevação da temperatura do corpo acima do valor normal.
Hiperventilação: aceleração do ritmo respiratório.
Hipovolemia: baixo volume de sangue no corpo.
Hipoglicemia: taxa de glicose no sangue abaixo do normal.
Hipóstase: depósito ou sedimento de sangue nas regiões anatômicas em declive. Manchas hipostáticas são sinais tardios de morte.
Hipotenar: saliência da parte interna da mão, na direção do dedo mínimo.
Hipotensão: diminuição, abaixo do normal da pressão nos vasos.
Hipotermia: temperatura abaixo do normal.
Hipóxia: baixo teor de oxigênio.
Infarto ou enfarte: obstrução de uma artéria coronária do coração. Interrupção de área vascular, cessando a circulação e levando a necrose.
Ingurgitamento: aumento do volume e de consistência de um órgão provocado por acúmulo de sangue.
Intoxicação: doença provocada pela ação de venenos sobre o organismo.
Isocoria: igualdade entre o tamanho das pupilas de uma vítima.
Laceração: resultado da ação de rasgar.
Letargia: falta de ação
Líquor: líquido cefalorraquiano existente no sistema nervoso central.
Luxação: deslocamento de duas superfícies articulares que perderam o posicionamento e relações que normalmente mantêm entre si. Desalinhamento das extremidades de dois ou mais ossos.
Midríase: dilatação da pupila.
Miose: contração da pupila.
Nosocômio: hospital.
Osteoporose: rarefação anormal do osso, geralmente em idosos.,
Orifício natural: abertura natural.
Palpação: forma de exame físico do doente, que consiste em aplicar os dedos ou de ambas as mãos, com pressão leve em região do corpo para detectar alguma anormalidade.
Paramentar: vestir-se com os equipamentos de proteção individual para biossegurança, como luvas, máscara, óculos, avental etc.
Perfusão capilar: preenchimento dos vasos sanguíneos nas extremidades.
Permeável: que deixa passar.
Pneumotórax: introdução acidental ou espontânea de ar ou gases na cavidade pleural.
Pneumotórax hipertensivo: situação grave, na qual há grande quantidade de ar que provoca deslocamento, além do pulmão, do coração impedindo que a circulação continue de forma normal, podendo levar a parada cardíaca.
Posterior: que vem ou está depois, situado atrás.
Precaução padrão: medidas de proteção que tem como objetivo e evitar a exposição dos profissionais de saúde à microorganismos transmitidos pelo sangue, hemoderivados e outros fluidos corpóreos através da via parental, contato com mucosas ou pele não íntegra.
Pressórica: relativo à pressão arterial.
Priapismo: ereção do pênis prolongada, geralmente dolorosa, nascida sem desejo sexual e não levando a ejaculação alguma.
Proteolítico: ação de determinados venenos que causam destruição proteínas corpóreas, como músculo, pele e vasos. Ex: veneno da serpente jararaca.
Proximal: que se localiza perto do centro do corpo representado por uma linha mediana que divide o corpo em metade esquerda e metade direita.
Reanimação: restituir a vida.
Regurgitação: vômito de alimentos parcialmente ingeridos.
Respiração agônica: (Gasping) esforços pulmonares reflexos e ineficazes que podem ocorrer no momento de uma parada cardíaca.
Simetria: correspondência, em grandeza, forma e posição relativa, de partes situadas em lados opostos de uma linha mediana, ou, ainda que se acham distribuídas em volta de um centro ou eixo.
Sinal: manifestação objetiva de uma doença. Pode ser percebido pelo socorrista pelos seus sentidos.
Sintoma: qualquer fenômeno ou mudança provocada no organismo que pode ser descritos pela vítima.
Sistólica: relativo a sístole, contração do coração e das artérias para impulsionar o sangue.
Tamponamento cardíaco: pressão aguda do coração por um derrame de sangue no pericárdio (membrana que envolve o coração).
Taquicardia: aceleração dos batimentos cardíacos. Adultos- moderada: 80 -100; intensa: >100 batimentos por minuto.
Tenar: saliência formada em cada mão, na parte interna, pelos músculos logo abaixo do polegar.
Tipóia: lenço ou tira de pano que se prende ao pescoço para imobilizar e descansar o braço ou mão doente.
Tônico: que dá tensão, tônus.
Tórax instável: múltiplas fraturas de arcos costais promovendo uma respiração paradoxal, ou seja, diminuição do volume torácico na inspiração.
Torpor: ausência de respostas a estímulos.
Traqueostomia: traqueotomia (= incisão praticada na traquéia) seguida de introdução de uma cânula no interior da traquéia, com o fim de estabelecer uma comunicação com o meio exterior.
Trombose: formação de um coágulo sanguíneo em um vaso.
Tumoração: presença de tumor que é definido como um aumento de volume desenvolvido numa parte qualquer do corpo.

Víscera: designação comum a qualquer órgão interno, incluído no crânio, tórax, abdome ou pelve, especialmente os do abdome.


Fonte:
BRASIL. Polícia Militar do Estado de São Paulo. Corpo de Bombeiros.
Manual de Procedimentos Operacionais Padrão de Resgate e Emergências Médicas.
Comissão Técnica de Resgate, 2014


Keywords: Primeiros Socorros, APH, resgate, emergência, socorrista